23.4.10

"lugar de poesia é na calçada" *

começamos pela rua - lugar de movimento, trocas, poesia:




















"não estacione nas caretas"
trecho de poema de karina rabinovitz
nas ruas de salvador/bahia
*trecho de poema de sergio sampaio

8 comentários:

Heyk Pimenta disse...

benvinda, guria!
"lugar de poesia é da calçada" [e umt racho do sergio sampaio, né? Massa!
Olha, o plano da ocupação do espaço público é compartilhado por uma galera aqui do blog.
caco faz por profissão.
rachel, como pesquisa.
eu, arthus, sempre que podemos.
E os outros cachaceiros de plantão dormem nele às vezes.

Abração.

Victor Meira disse...

O que são "caretas"?
Fiquei com ar de "acho que não peguei".

E acho que valeria, de repente, botar por aqui o poema onde o verso tatuado na pedra mora.

Bem vinda, Karina!

Arthus disse...

"Um livro de poesia na gaveta não adianta nada!
Lugar de poesia é na calçada!...
O peixe é no mar...
lugar de samba-enredo é no asfalto!"


Quando tua calçada vem ao rio? tentamos mudar de careta e de graça.

Bem-vinda

Rachel Souza disse...

Gostei, mas o que é "careta"?

Victor Meira disse...

Pois é, a Rachel fez coro comigo. Ilumina os menino, Karina!

Priscila Milanez disse...

"lugar de poesia é na calçada" é sim uma frase de uma música do grande Sérgio Sampaio, Heyk! E, quem não o conhece, digo que deveria conhecer!!

Guto Leite disse...

Assino embaixo do entusiasmo de todos pela poesia ganhando as ruas! É isso aí! Reforço também a dúvidas sobre as caretas... Grande abraço!
(p.s.: mas tenho cá minha interpretação que é "cara feia", "esgar". "não estacione nas caretas" seria algo como "desamarra esse bico!", "não fique de cara feia", o que acho muito sensível e bem bonito!)

karina rabinovitz disse...

então Guto, siiiiiiim!
resposta certa...
mas tantas outras são possíveis, basta querer:
1. as meninas caretas (nestas não se deve estacionar...)
2. as caretas de carnaval (não fique preso ao carnaval...)

quem se habilita a mais interpretações?