8.5.08

Marília


Philippe Bacana, imortal e em prática. Esperando segundos para a nova coleção: Queridos Bandidos, que será lançada em agosto aqui no Rio. A obra Marília, óleo 1,30x2,10.

6 comentários:

Rachel Souza disse...

Marília parece simpática!Mal posso esperar por Marília, doce criatura... A ansiedade me castiga as tripas! ;)

Heyk Pimenta disse...

Essa é a última obra que o Bacana me mandou. Ele é um safado desses. Largou a faculdad, Sociais pra pintar à vontade e se não descuidar vai prestar essa decisão.

Academicismo à merda.

Victor Meira disse...

Matei o enigma! Marília gosta de Dark Side of the Moon!

A-há!

Pomba nego, quer dizer que largou da faculdade pra pintar. Invejei a rôla agora. Olha, que dê muito certo. E faço côro com o heyk: às favas com o academicismo!

Beijo, bundão!

Heyk Pimenta disse...

é isso mesmo...
mas não, esse quadro tem uma coisa maravilhosa:

atrás, do lado de fora do pano mesmo, tem uma coração desenhado justamente onde a luz de transforma em arcoíris. Marília é uma moça que transforma luz em arcoíris com o coração na mão. É fantástico isso aí, rapaz.

até escrevi vou ver se acho:

ah, vou postar junto lá!

Minina disse...

adorei essa marília q transforma luz em cor, feito prisma. aqi a imagem se movimentou leve, cheiro bom, mta cor.


adorei essa moça marília. pensei mar ilha maravilha.


bjo!

Marília Moschkovich disse...

Na parede do meu quarto moro eu. Uma eu pintada, em arco-íres, uma eu Bacana. Penso e lembro todos os dias.