13.10.08

Carretel 2

sem nome, série Carretel, nanquim sobre papel, 2008
tubas do amor (mas sem gato, por favor), série Carretel, nanquim sobre papel, 2008

2 comentários:

Victor Meira disse...

Bacana, gostei muito dos dois. Tem rolado uma boa evolução desde "Passarão". O primero me pegou quando vi nos fios elétricos dois fás e um lá numa pauta lúdica e rústica. Um juíz amarrado e seus cartões bufoneiros entregando o jogo. Música, futebol e super-ego cartunizado.

O segundo me parece mais apurado, e a coisa da planta que surge no lugar da cabeça também me agrada (vide o desfecho d'A Parte de Trás, antepenultima postagem minha). O traço tá bem massa.

Massa! Gosto pacas.

isaac disse...

numa análise menos erudita - porra, essa idéia do "carretel" é docaráglio, mesmo. muito bom, é um poço infindo de possibilidades.